Sistema de arrefecimento

O que é?

O sistema de arrefecimento é responsável por controlar a temperatura ideal de funcionamento do motor, uma faixa de 90° Celsius.

Este processo é de grande importância, pois com a queima do combustível, o motor chega a temperaturas muito altas ocorrendo o derretimento das peças e consequentemente a perda de outros componentes importantes do veículo, o sistema de arrefecimento mantém o propulsor frio o suficiente para que isso não aconteça.

Componentes do sistema

Este sistema depende de uma série de peças que trabalham em conjunto:

Bomba d’a água: Componente que pode ser acionado através da correia do motor e tem como principal função fazer com que a água circule no sistema para que seja feita a troca de calor entre a própria água e as peças do motor do carro.

Válvula termostática: Tem como principal função “segurar” a água que já está em contato com o bloco do motor para que a mesma atinja a temperatura perfeita de trabalho. Assim que o motor atingir essa tal temperatura a válvula termostática se abre e permite a passagem de água para o radiador do veículo, criando assim um novo ciclo de resfriamento no motor.

Reservatório: É responsável por “guardar” toda a água do sistema de arrefecimento. Nele é possível verificar o nível de água de todo o sistema. É de grande importância abastecê-lo com água e aditivo quando necessário (Quando o marcador estiver no mínimo ou abaixo dele).

Aditivo: Tem como principal função fazer com que a água do carro não ferva e nem congele, fazendo também com que o motor continue com uma faixa adequada de temperatura enquanto está em movimento. Atua para a não oxidação das peças que entrarão em contato com a água do sistema de arrefecimento.

O aditivo pode ser encontrado em 3 formas químicas diferentes, sendo elas: Os compostos por etileno glicol, orgânicos ou sintéticos. O recomendável é seguir sempre o manual do veículo.

Radiador: O radiador tem como principal função realizar à troca de calor entre água quente que vem do motor e o “ar frio” que vem da atmosfera. A água passa pelas aletas de alumínio do radiador e conforme o ar de fora do carro entra em contato com essas aletas a água é resfriada. Assim que a água troca calor com o ar ela volta para o ciclo de resfriamento do motor.

Sensor de temperatura ou cebolinha de temperatura: Responsável por informar a temperatura do motor/temperatura da água do sistema de arrefecimento, pode levar essa informação tanto para o módulo de comando, sendo a ECU quanto para o próprio painel do veículo.

Funciona através de um termistor interno que varia a sua resistência conforme a temperatura do sistema de arrefecimento muda.

Eletro ventilador ou ventoinha: Tem como principal função ventilar o radiador do veículo para que a troca de calor entre a água que passa nas aletas do radiador e o ar atmosférico seja feita de maneira mais rápida e eficaz. Assim quando a água voltar para as galerias do bloco terá um melhor desempenho, resfriando perfeitamente o motor de seu carro e evitando um calor excessivo.

Como funciona?

O líquido percorre a parte interna do motor, sem entrar em contato com seus componentes de combustão, até chegar ao radiador. Por lá, a mistura, que ficou quente, transfere o seu calor para o ar. Toda essa movimentação é feita através de mangueiras e quem controla esse fluxo é a válvula termostática: ela bloqueia a “água” quando o motor esfria e libera quando o motor ultrapassa determinada temperatura. Quem coloca o líquido em movimento pelo sistema é a bomba d’água. Quando o carro está desligado, todo o líquido fica alojado no vaso de expansão (que é a peça plástica que você usa para checar se o nível do líquido está correto). A ventoinha também ajuda a retirar o calor do motor, direcionando ar para dentro do motor exatamente como um ventilador.

Tipos de sistema de arrefecimento

O mais comum é o sistema de arrefecimento de fluxo fechado e pressurizado, que não deixa a água evaporar. Na década de 80, o mais comum era o sistema aberto, que exigia repor a quantidade de líquido, que evaporava

Defeitos mais comuns

Os problemas mais recorrentes são: bomba d’água que vaza, mangueira que não suporta a pressão do dia a dia e rasga, radiador que quebra quando há alguma colisão frontal e reservatório de expansão de plástico que racha. Desses, apenas o radiador pode ser reparado, as demais peças precisam ser trocadas.

Sintomas de problemas no sistema de arrefecimento do carro

O marcador de temperatura acende no painel de instrumentos. Também pode haver vazamento de água azulada ou avermelhada no chão. Se você escutar a ventoinha do carro ligando com muita frequência por muito tempo, também pode ser um sintoma de problema.

Cuidados

Abasteça o sistema sempre com o líquido certo (aditivo + água desmineralizada). É importante lembrar que colocar apenas água da torneira, ao invés da mistura com os fluídos específicos, pode danificar o veículo. O líquido correto altera o ponto de ebulição e congelamento da água, o que evita que a ela ferva ou congele. A composição também evita a oxidação das peças.

Também é essencial verificar o nível do líquido uma vez por semana. Mas nunca abra o vaso de expansão com o carro ligado ou logo depois que o motor parou de funcionar. Evite abrir o reservatório – ele é transparente justamente para facilitar a checagem do nível. Se a água estiver baixa, ou seja, não estiver no nível máximo com o motor frio (o que fica indicado com uma marcação na própria peça), leve o veículo na oficina.

Não faça a troca do líquido em casa ou em um lugar que você não confie, durante a troca do aditivo, é recomendável limpar os componentes do sistema e drenar a composição, ações que demandam certo conhecimento.

Por fim, faça revisões periódicas com seu mecânico de confiança, dessa maneira você evita com que seu veículo ocorra problemas futuramente.

Confira:

– De quanto em quanto tempo, deve-se fazer a manutenção preventiva em seu veículo?

– Saiba como escolher uma oficina de qualidade.

– Faça orçamentos no conforto de sua casa! 

Fontes: g1.com e minutoseguros.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s